Bispo diz que aumento dos evangélicos na Amazônia se dá por erro dos católicos

 

Bispos católicos reunidos no Sínodo da Amazônia buscam encontrar alternativas para aumentar a presença da igreja naquela região 

Durante o Sínodo da Amazônia, o bispo Dom Wilmar Santin, que atua em Itaituba (PA), fez uma declaração polêmica a respeito do crescimento de igrejas evangélicas na região Amazônica.

Ele declarou que a presença dominante dos protestantes é fruto do erro da Igreja Católica, que não consegue chegar aos lugares rapidamente pelo modelo centralizador da denominação.

Para reverter esse quadro, Santin propõe uma mudança na estrutura da igreja.

“Precisamos mudar um pouco a estrutura para que a igreja seja mais ágil, que vá mais para frente, não seja tão lenta nas decisões e não dependa só dos padres. Temos que mudar não para competir com os outros, mas para que a nossa missão seja cumprida com maior eficiência”, declarou o religioso segundo a Folha.

Durante o Sínodo da Amazônia, reunião que começou no dia 6 de outubro e irá até o dia 27, bispos católicos estão reunidos para discutir a respeito da evangelização na região, envolvendo também questões sobre os nove países que formam a região, incluindo as preocupações climáticas.

Enquanto a Igreja Católica não conseguiu avançar na evangelização dessa região, vários missionários evangélicos enfrentaram os riscos e estão oferecendo ajuda social e religiosa para os moradores.

Para aumentar sua presença na região, a Igreja Católica estuda a possibilidade de ordenar sacerdotes casados, líderes indígenas locais e até mulheres. Esses assuntos estão sendo tratados durante o Sínodo. 

 

WhatsApp:(35) 9 971945 83

Celular:(35) 99185-2742

radioestreladoorientedanet@gmail.com

RÁDIO ESTRELA DO ORIENTE - FM © 2019 Todos direitos reservados