A cantora gospel Damares Brandão é mais uma das cantoras que desiste do gospel para cantar música secular, e reacende o debate de até onde os cantores evangélicos são adoradores.
 
Cantora gospel Damares choca fãs após abandonar música gospel e ir para o mundo. Cantora gospel Damares choca Pastores após abandonar música gospel. cantora gospel Damares Brandão é mais uma das cantoras que desiste do gospel para cantar música secular, e reacende o debate de até onde os cantores evangélicos são adoradores.
 
Damares Brandão, Baiana de Feira de Santana, irmã do pastor e líder do Ministério Cristianismo sem Frenteiras até que tentou reconstruir sua carreira, mas cada caso é um caso, e dependendo do caso, fica difícil alcançar o mesmo patamar que um dia esteve.
 
Recentemente o Obuxixo anunciou que uma cantora do meio evangélico estava saindo para o secular e um CD já estava sendo preparado em parceria com cantores de prestigio e fama da Bahia. Segundo informações seguras as parcerias estavam sendo distribuídas com o cantor de Arrocha Pablo, também Baiano, Naldinho e Léo Rios.
 
Relembre o caso que foi culminante para o declínio da carreira gospel da cantora
 
Segundo suposta mulher traída a cantora Damares Brandão, estaria curtindo as fotos do marido dela no Instagram e a partir de lá, Damares chamou o homem para sair. A artista que na época era casada com o Pastor Leonio Amorim. Na ocasião a situação levou muita dor de cabeça para a igreja evangélica, que não soube como lidar com o fato. Na gravação do telefonema, as duas mulheres praticamente brigavam pelo homem. A que seria a suposta amante dele, Damares, diz que iria processar a mulher traída, que estaria postando inverdades na internet.
 
Depois de um tempo de ¨ banco¨, Damares começou a congregar com seu irmão pastor, mas nada significativo aconteceu artisticamente. Contudo, nada foi provado em relação a traição, bem como o motivo da saída do gospel para o secular, seria escândalo de acusação de adultério. Fica a duvida ainda se seria o fato de não ter conseguido recuperar o prestigio. Aguardemos o CD.
 
 

Ministro também apontou atuação das forças de segurança como fator para queda na violência.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, usou o Twitter para comemorar o recorde de apreensão de cocaína pela Polícia Federal (PF). 

Ao comparar o volume de cocaína apreendida de janeiro a julho de 2019, com os mesmos períodos nos anos anteriores, o recorde fica evidente.

 

Em 2019 foram 60,7 toneladas apreendidas, contra 38,5 do mesmo período do ano passado e 26,5 toneladas no ano de 2017. 

Com os resultados, o ministro questiona “qual o motivo” dos crimes caírem em todo o país, apontando o trabalho das forças de segurança do Governo Bolsonaro e dos Estados como principal fator. “Estão trabalhando como nunca. Simples assim”, responde.

https://twitter.com/SF_Moro/status/1169604999426584576?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1169604999426584576&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.gospelprime.com.br%2Fmoro-comemora-recorde-em-apreensao-de-cocaina-pela-pf%2F 

Governo quer reduzir mais ainda o número de ministérios

Mudanças deverão ser enviadas ao Congresso por meio de Medida Provisória.

 

O governo deverá promover uma nova reforma administrativa com o objetivo de reduzir ainda mais o número de ministérios até o fim do ano.

 

Esse projeto está sendo conduzido pela Secretaria de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, com acompanhamento da Casa Civil.

 

O plano é promover a fusão de seis pastas, se tornando apenas três, o desejo é que o governo tenha apenas 15 ministérios, segundo o ministro Paulo Guedes, atualmente são 22.

Segundo O Globo, as mudanças serão enviadas ao Congresso por meio de Medida Provisória (MP), provavelmente até outubro.

Em maio o governo aprovou uma MP de reforma administrativa, mas deseja enviar novas mudanças para promover economia dos gastos públicos.

 

 

 

Benny Hinn diz estar arrependido de pregar teologia da prosperidade: “Evangelho não está à venda”

Declaração foi dada durante uma pregação, deixando os fiéis surpresos

O televangelista Benny Hinn está arrependido de pregar a teologia da prosperidade e declarou que está “corrigindo” sua teologia. 

“Hoje, infelizmente, entre muitos círculos, tudo que você ouve é como construir a carne. É uma mensagem de se sentir bem… É tudo sobre ‘se sentir bem’, ‘fazer o bem’, tudo isso. Ganhe dinheiro, todo o resto. E lamento dizer que a prosperidade ficou um pouco cansativa e estou corrigindo minha própria teologia. E você precisa saber tudo”, declarou ele em uma pregação recente noticiada pela Relevant Magazine.

 

Benny Hinn declarou que hoje vê a Bíblia com outros olhos, diferente de como ele a viu há 20 anos. Ele declarou também que por um tempo hesitou em ir a público rejeitar estes ensinamentos para não magoar seus amigos que ainda acreditam e seguem essa teologia.

O pastor disse que hoje vê como “uma ofensa ao Senhor” dizer ao fiel doar uma alta quantia. “É uma ofensa ao Senhor, é uma ofensa dizer: ‘Dê $ 1.000’. Eu acho que é ofensa ao Espírito Santo colocar um preço no Evangelho. Para mim chega”, declarou.

A certa altura da pregação, Hinn perguntou aos espectadores: “Estou chocando você?” e continuou: “Dar tornou-se um truque que está me deixando mal do estômago”, disse ele. “E eu estou doente há um tempo também, eu simplesmente não conseguia dizer.”

O pastor de 66 anos afirmou que não quer ir para o céu e ser repreendido.

“Acho que é hora de dizermos assim: o Evangelho não está à venda”.

 

Assista: https://youtu.be/4TQQirZI9Eo 

 

WhatsApp:(35) 9 971945 83

Celular:(35) 99185-2742

radioestreladoorientedanet@gmail.com

RÁDIO ESTRELA DO ORIENTE - FM © 2019 Todos direitos reservados